Ganho de ponto na Flexografia

Ganho de ponto na Flexografia

No processo de flexografia ocorre um ganho de ponto que pode resultar em marcas indesejáveis (salto tonal).

Um ponto de 1% no monitor pode se tornar em até 20% na impressão devido ao ganho de ponto e dependendo das condições de máquina, especialmente se a cor sólida (100%) for utilizada com um gradiente ou cromia na mesma placa de impressão.

ganho

Por esta razão, sempre que possível, o gradiente ou partes com retícula mais suave é separado da mesma cor exata ou de chapados.

O ganho de ponto (salto tonal) ocorre frequentemente com imagens CMYK com muito contraste.

Com certas técnicas o ganho de ponto pode ser minimizado (por exemplo, evitando 0% nas cores CMYK e mantendo uma mínima de 1%, suavizar contrastes, etc…).

Além dos problemas com a mínima há também problemas com o chapado. Pode ocorrer, por exemplo 95% de cor resultar em um melhor do que 100%. Isso pode ser evitado com uso de contraste mais suave.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.